Amanda Bynes quer ganhar um milhão de dólares por ano

E! News | Faz 3 anos

 
Amanda Bynes

PacificCoastNews.com



E você nunca vai adivinhar o motivo






Apesar de já ter jogado os dígitos de sua conta bancária na cara de alguns de seus críticos, sempre afirmando que não precisa de aprovação de ninguém por ter milhões no banco, Amanda Bynes quer faturar ainda mais.

Siga o E! Online Brasil no Twitter

Nessa segunda-feira, 01, a atriz usou o Twitter para dizer que quer um milhão de dólares por ano (quem não quer?) – mas o motivo pode te surpreender (afinal, ela se tornou uma caixinha de surpresas, nem sempre boas).

"Quero um milhão de dólares por ano para ilegalmente ter minha mente lida e minha privacidade roubada", explicou ela na rede social.

LEIA MAIS: Amanda Bynes aparece recuperada após cirurgia no nariz

Claro, ninguém entendeu muito bem o que ela quis dizer com isso, mas pelo menos Bynes não chamou ninguém e feio e é bom variar de vez em quando.

Talvez a atriz esteja apenas vendo o alcance de seus versos, afinal tudo indica que ela vai estrear como rapper em algum momento.

Colapso de Amanda Bynes não passa de uma farsa?

"A única forma de superar seus medos é enfrentando-os", escreveu ela há alguns dias, seguido da mensagem: "Eu twitto o que sinto" e "Quando você está apaixonada não liga para o que a pessoa faz se ela ainda te amar".

Apesar das mensagens positivas, anteriormente Bynes havia se evolvido em outra confusão, com ninguém menos do que Cher, que foi chamada de "feia e fracassada" (isso mesmo, caro leitor).



Cher, Amanda Bynes

Instagram, Jesse Grant/Getty Images




A principio, a diva respondeu apenas "Quem é essa?", mas resolveu fazer a fina e se desculpar.

Amanda Bynes ataca novamente: estrela chama Zac Efron de feio

"Eu nunca entendi essa coisa de não se desculpar, porque é muito fácil... Não leva muito tempo e dissolve os sentimentos ruins. Eu deixo passar, não podemos nos prender a essas coisas. Te faz mal", disse Cher ao E! News.

Leve o E! Online Brasil no bolso! Baixe o aplicativo do E! na Apple Store, Google Play ou Blackberry App World

"Eu sinto muita compaixão por esses jovens que estão crescendo e não entendem realmente o que está acontecendo. É muito difícil. É por isso que eu escrevo bastante no Twitter, me sinto como uma mãe. É algo que os inspira e os ensina que adultos não são inimigos", continuou ela.