A solidão inspirou Madonna para fazer o filme W.E.

E! News | Faz 48 anos

 

Jeff Vespa/Getty Images



Quando Madonna se casou com Guy Ritchie, ela se mudou para Londres para continuar com sua vida. "Quando eu fui morar na Inglaterra depois de me casar, eu não tinha amigos nem conhecia ninguém", relembrou.

Então, o que fazia com seu tempo livre?






Ela começou a estudar história britânica, sem saber que muitos anos depois faria um filme baseado neste aprendizado, o tão falado W.E.

"Comecei a estudar a história da monarquia e quando cheguei em Edward VIII, fiquei paralisada pela ideia de um homem renunciar uma posição tão poderosa por amor", explicou.

Madonna então ficou mais curiosa sobre a vida deste casal tão famoso da história do Reino Unido e a cantora começou a se aprofundar na leitura, "A maioria das coisas que lia era sobre Wallis Simpson e só falava sobre coisas negativas e com uma só visão das coisas. Quando as mulheres têm algum tipo de poder, e não a entendemos, as colocam para baixo, diminuindo-as".

Essa sensação fez com que Madonna se identificasse com o personagem e passasse a ter algo que outros diretos nunca poderiam ter, "Eu sei o que é ser diminuída a uma molécula".

Dias atrás, a Rainha do Pop disse que muitas vezes as pessoas não compreendem o seu poder e "se sentem intimidados e não procuraram a entender".