A bissexual Anna Paquin diz que sofre muito preconceito

E! News | Faz 5 anos

 
Sebastian Faena/V Magazine
Enquanto Anna Paquin está totalmente bem com sua bissexualidade, ela sabe que tem um monte de gente por aí que não está. Mas isso é algo que ela está tentando mudar...
Sebastian Faena/V Magazine
“Francamente, ninguém nunca me perguntou antes,” a estrela de True Blood contou à revista V em sua edição de julho sobre ter declarado ser bissexual em 2010. “Minha sexualidade é algo que eu sou completamente confortável e aberta. Há muito preconceito com a gente, mas quanto mais as pessoas falam sobre isso, menos será uma grande coisa. E isso será melhor para todos.” Enquanto sua personagem de True Blood Sookie Stackhouse está prestes a noivar, ela tem tido muito tempo com seu companheiro de gravações e marido na vida rela Stephen Moyer. Mas isso não é tão estranho quanto parece. “Era para ser estranho simular sexo com o seu marido na frente às pessoas,” ela admite. “Mas não é. Quando é uma cena de amor com alguém que você realmente ama, não existe a sensação de ‘Será que posso tocá-lo aqui, ou ali?’ Você sabe quais são seus limites, eu acho.” Outra coisa sexual que ela gosta? As fãs adorarem o Sr. Moyer. “Talvez tenha algo de errado comigo, mas eu acho divertido ver os homens e as mulheres acariciando ele,” diz Paquin. “Não é que alguém realmente esteja tentando fazer algo inapropriado. Eles só querem que ele os abrace...ou morda.” Ou, como Moyer disse recentemente à Men’s Health, “Eu autografo muitos peitos. Eu tenho que morder peitos, ocasionalmente, quando tenho permissão.”