“Dexter” está com os dias contados?

E! News | Faz 5 anos

 
Showtime
Bom, essa pode não ser uma notícia muito boa para os fãs de Dexter que não conseguem nem imaginar como seria o mundo da TV sem o nosso serial killer favorito. Honestamente, você consegue pensar em ficar uma semana inteira sem assistir caras maus sendo assassinados e jogados ao mar em sacos plásticos? Não, né?! O site Deadline contou que Michael C. Hall está negociando com a Showtime um novo acordo salarial para uma possível sétima temporada de Dexter. Mas, por enquanto, nada está resolvido. E nem Michael e nem a emissora se pronunciaram sobre isso ainda. Mas o que isso significa para a série? Obviamente, sem o interprete de Dexter Morgan não existe Dexter. Se bem que eles poderiam deixar o herdeiro da família Morgan, Harrison, assumir os “negócios” da família (Quando crescer, é claro)... SAIBA MAIS: Robert Pattinson é eleito o mais sexy do mundo pela segunda vez! Confira a lista completa. De acordo com o Deadline, o contrato de Michael só vai até o final da sexta temporada da série, que já está no final de suas filmagens, e sem um contrato para a próxima (ou próximas) temporada, Dexter pode acabar. Mas ainda não precisamos nos desesperar, Michael C. Hall e a Showtime estão bem motivados a fazer com que a série siga a diante, especialmente depois da ótima estreia da sexta temporada no domingo (nos Estados Unidos). O episódio teve a maior audiência da história de Dexter e ótimas avaliações. Então nos esperamos que isso os motive por mais 20 temporadas... “Eu continuo aproveitando. Ninguém quer ultrapassar as boas vindas, mas os últimos seis anos realmente voaram”, disse Michael quando o E! conversou com ele na estréia da nova temporada. Parece promissor...