Rihanna processa TopShop

MODA | Faz 4 anos

 
Rihanna, Topshop Tshirt

Topshop



Grife teria usado foto da estrela sem autorização






A TopShop é uma das marcas mais famosas e queridinha das it girls, mas mesmo assim entrou na lista negra de Rihanna. O motivo? A grife teria fabricado e comercializado camisetas com uma foto da cantora sem autorização.

"A imagem que foi usada da requerente (Rihanna) é tão desagradável que não tinha sido aprovada", diz uma dos documentos apresentados no tribunal em 2012, segundo o site do jornal Daily Mirror. Ainda de acordo com a publicação, Rihanna estaria irritada com a "baixa qualidade" da imagem e do produto final, o qual ela teria chamado de "resultado pobre".

LEIA MAIS: De fio dental, Rihanna mostra o bumbum

Rihanna e Ke$ha disputam adolescente

Apesar dos rumores de que a cantora teria pedido R$ 10 milhões como parte das vendas, o valor não aparece na papelada do processo e não há nenhuma menção de que o dono da grife, Philip Green, teria oferecido o valor como forma de compensar RiRi.

A TopShop teria entrado em contato com Rihanna, mas os representantes das partes envolvidas não chegaram a um acordo verbal. Agora, o processo segue no Supremo Tribunal.