Revista feminina do Chile proíbe o uso de Photoshop

MODA | Faz 3 anos

 
Revista Ya

Reprodução



Confira o motivo






Apesar do Photoshop ser bastante popular em revistas e campanhas publicitárias, o uso da ferramenta ainda causa bastante polêmica, principalmente quando exagerado (e quando o resultado final acaba dando errado). E por isso a Ya, a revista feminina com maior público no Chile, aboliu o uso de Photoshop em suas imagens, com a intenção de reforçar o compromisso de oferecer uma cobertura real dos fatos para as mulheres.

Acompanhe Valentina Ferris no Twitter

De acordo com a BBC Brasil, a editora da Ya, Paula Escobar Chavarría, acreditava que as paginas de moda e beleza não condiziam com os ideias da revista, voltada para uma mulher moderna.

"Com frequência, exibiam modelos muito jovens e magras que eram assim de verdade ou, pior, que eram rejuvenescidas ou ‘perdiam peso' com as técnicas do Photoshop que alguns de nossos fotógrafos externos usavam, apesar de pedirmos para não fazerem isso", explicou ela.

Os Photoshops mais exagerados das famosas

Além disso, a equipe da publicação pretendia ainda fotografar modelos com corpos mais saudáveis, mas a iniciativa acabou não funcionando porque o público ainda tem um padrão de beleza não tão real, preferindo ver corpos mais jovens, andróginos e sem rugas e curvas.

"Foi a nossa maneira de resolver essas contradições entre o discurso a favor da mulher e certas práticas da fotografia de moda e beleza", declarou Paula sobre o não uso do Photoshop.