Marc Jacobs deixa Louis Vuitton para se dedicar à sua marca

MODA | Faz 3 anos

 
Marc Jacobs

Pascal Le Segretain/Getty Images




Estlista esteve no comando da maison francesa depois de 16 anos






Na manhã desta quinta-feira, 02, de outubro de 2013, após os desfile da Louis Vuitton no Louvre na semana de moda de Paris, foi anunciada a saída de Marc Jacobs do comando da marca.

Leia mais posts sobre moda da E! Fashion Blogger

Bernard Arnault, chairman e CEO da LVMH (grupo que é dono de muitas marcas, entre elas a Louis Vuitton e a marca própria de Marc, a Marc Jacobs) anunciou a já esperada saída do diretor criativo, que queria mais tempo para tomar conta de sua marca.

(Abaixo: imagem do Carrossel de um dos desfiles icônicos da Louis Vuitton, revisitado no desfile de hoje)



Louis Vuitton, Twittr

Twitter




O clima do último desfile comandado por ele foi de despedida, mesmo que sua saída tenha sido decidida há apenas duas semanas. O cenário trouxe peças de outros desfiles feitos por Marc, como o Carrosel, uma fonte, as escadas rolantes, e o relógio de uma estação de trem.

Porcelana é a estampa do momento na moda

Em looks todos pretos (a única cor vista foi em algumas modelos que estavam de jeans), havia muita transparência, brilho, apliques e bolsas magníficas. Todas as modelos usavam uma espécie de "cocar" de plumas pretas, refêrencia usada por Marc para criar a coleção.

(Abaixo: Isabelli Fontana e Gisele Bündchen na campanha mais recente da Louis Vuitton)



Gisele Bündchen, Isabeli Fontana, Louis Vuitton, LV, ad

Divulgação LV




Há dezesseis anos à frente da Louis Vuitton, Jacobs transformou a marca em um objeto de desejo mundial. Trouxe à tona a logomania, e chamou vários artistas para fazerem colaborações. Brincou com tecidos, texturas, e usou diferentes universos como inspiração...ele tirou o óbvio da marca e trouxe sua originalidade como ponto principal.

Vai ser difícil alguém preencher seu lugar, o qual, segundo especulações, possivelmete será de Nicolas Ghesquiere, ex-estilista da Balenciaga.

Apesar da tristeza com a saída de Marc da Louis Vuitton, temos algo para nos animar: com a volta dele a sua marca própria, com certeza teremos muitas novidades. Jacobs vai expandir sua grife, e junto com seu sócio, Robert Duffy, e a parceria da LVMH, em um projeto de três anos pretendem fazer um IPO (que é a operação de oferta pública das ações da marca). A grife envolve duas marcas, a Marc Jacobs e a Marc by Marc Jacobs, que tem peças com valores mais acessíveis.

(Abaixo: Kate Moss e Cara Delevingne em um dos desfiles da marca)



Cara Delevingne, Kate Moss, Louis Vuitton

Instagram



Em uma carta pública escrita por Marc, ele dedica seu desfile final à todas as mulheres que lhe serviram de inspiração, entre muitas: Anna Wintour, Lady Gaga, Kate Moss, Madonna, Sofia Coppola, Grace Coddington, e Diana Vreeland. Ele explica que sua inspiração veio da showgirl que existe em cada uma de nós, na beleza por ela só, e não em pensar, mas sentir.

Marc Jacobs parte hoje já deixando saudade. Mal posso esperar para o que ele vai nos apresentar no futuro, e tomara que um futuro muito próximo.

E você? Vai sentir saudades de Marc como estilista da Vuitton? Conte para a gente!