Dior inicia desfile em Paris com declaração sobre Galliano

MODA | Faz 6 anos

 
A Dior apresentou a pouco sua coleção feminina assinada por John Galliano, em Paris. Sidney Toledano, diretor da maison, fez duras críticas às declarações do estilista, demitido por antissemitismo. Toledano disse no início do desfile que "O que aconteceu na última semana foi uma provação terrrível e dolorosa para todos nós", e que "tem sido profundamente sofrido ver o nome da Dior associado às declarações infelizes atribuídas a seu estilista, independente do quão brilhante ele possa ser". E quanto à isso, não temos dúvida. Cancelar o desfile seria a perda de toda uma coleção, na qual a empresa, como sempre, investiu muito, além da perda de uma temporada inteira de encomendas de compradores enviados a Paris por lojas do mundo todo.
Dior 2011
O desfile de John Galliano, foi reduzido para uma apresentação, e acontecerá neste domingo, no jardim do Museu Rodin. Sob ameaças de supostos boicotes de editores e compradores de moda. Ainda não se sabe o que acontecerá com a marca, que até então tem apoio financeiro da Dior, que é dona de 92% da grife.   Assim seguimos. E sucesso a Dior com seu desfile, que indiscutivelmente, merece.
Dior 2011
Ficamos no aguardo do que acontecerá domingo, no desfile de Galliano, para contar tudo para vocês.

Por Catarina Novaes, E! Fashion Blogger